top of page
  • RF

A Trilogia dos Escritores - Guillaume Musso


- A Vida Secreta dos Escritores (2019)

- A Garota e a Noite (2021)

- A Vida é um Romance (2023)


Conheci as obras de Guillaume Musso pela indicação de uma professora de francês, que colecionava os livros do autor, e ao se mudar para o Brasil, acabou perdendo seus livros na alfândega. Não consigo imaginar uma história mais triste...

Enfim, depois desta narrativa, fui atrás das obras, curiosa pelo drama. E descobri um autor simplesmente incrível no gênero de suspense, e o que mais amei foram personagens igualmente escritores envolvido em narrativas entre a ficção e sua realidade, bem como suas figuras imaginadas.


Então, descobri que três livros deles formaram uma trilogia por seus personagens escritores envolvidos. E lá vai uma resenha de cada um para atiçar a curiosidade sobre estas obras da literatura francesa de suspense contemporânea.


"Justamente esse é o privilégio do romancista, não é?

Escrever ficção para desafiar a realidade."


A GAROTA E A NOITE foi o último que eu li, mas o primeiro da lista a ser lançado, e é dos três livros o que considero a história com mais cara de suspense policial, envolvendo mais mistérios e intrigas, além de investigações e revelações durante o decorrer da narrativa. Então, indico começar por ele.

Thomas Degalais, um autor renomado, é convidado para a reunião de turma do Ensino Médio e curso preparatório para a faculdade, e junto um caso não resolvido de seu passado também retorna: o desaparecimento de sua primeira paixão e do professor que ela estava se envolvendo, e que, no caso, ele assassinou em uma noite de inverno preso no colégio.

Esta garota se torna uma mártire dentro do colégio, incentivando movimentos feministas e gerando boatos romanceados sobre seu desaparecimento que nunca foi solucionado. Em paralelo, existem ex-alunos conhecem sua própria versão da história e como se envolvem perigosamente com esta personagem, e aos poucos também vamos conhecendo cada um, e imaginando como eles vão se desenrolar desta trama, que os ameaça com a demolição do ginásio do colégio, onde estariam os corpos da aluna e do professor.


"Para escrever, você precisa estar no mundo e,

ao mesmo tempo, fora do mundo."


A VIDA SECRETA DOS ESCRITORES traz o escritor Nathan Fawles, que, no auge de sua carreira, decide se isolar em uma ilha ao sul da França, sem contato com ninguém e sem sair de casa. E seu completo isolamento é interrompido quando uma jornalista suíça invade sua casa e também um assassinato de uma outra mulher na praia da cidade litorânea.

Ao mesmo tempo que a investigação sobre o assassinato o coloca na cena do crime, também é interrogado pela jornalista, que é uma grande fã, o motivo de ter largado a pena e resolvido se retirar naquele lugar, em uma coisa peculiarmente personalizada por ele. É uma história com reviravoltas e que te faz querer conhecer o lugar de verdade, mas infelizmente, não existe a ilha de Beaumont.

É uma narrativa bem envolvente, que pega o leitor não apenas pela investigação, mas para os autores, pelos sentimentos apresentados sobre a vida de um escritor, suas emoções, dificuldades e sentimentos sobre sua carreira e vida pessoal. Foi aqui que este livro me conquistou, bem como as outras obras de Musso que vieram depois dele.


"Porque, fundamentalmente, escrever era isso: desafiar a ordem do mundo.

Conjurar, por meio da escrita, suas imperfeições e seu absurdo."


A VIDA É UM ROMANCE nos abre a possibilidade de uma personagem questionar seu futuro ao seu próprio autor, demonstrando a linha tênue que liga a realidade à ficção e o quanto um escritor coloca de si dentro de suas obras.

Romain Ozorski é um escritor que já teve dias melhores, mas enfrentando um divórcio difícil e a briga pela guarda de seu único filho. Nesse cenário, ele tenta continuar um livro, buscando uma forma de pagar suas contas e se demonstrar estável para o juíz. E em sua obra, outra escritora, Flora Conway, enfrenta o desaparecimento misterioso de sua filha dentro do próprio apartamento.

Cansada das investigações, Flora tenta se suicidar, mas antes enfrenta seu criador, Romain, sobre este destino, e o porquê de um mistério não solucionado. E neste cruzamento do mundo real e criado, o autor irá precisar lidar não apenas com sua personagem, mas com sua própria vida, e descobrir respostas além das páginas para problemas que não podem mais ser adiados.

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Pachinko

bottom of page