• RF

Vous Saviez? - Marianne


Em algum momento em sua vida já viu essa mulher, de seios nus, com um "chapéu" na cabeça, denominada por Delacroix como "Liberdade guiando o povo".

O que talvez você não saiba ou não tenha aprendido na escola é sobre a história dessa mulher, que tem nome: Marianne, a alegoria da República.

O que é uma alegoria?

"Expressão figurada, não real, de um pensamento ou de um sentimento, através da qual um objeto pode significar outro." (Dicionário Online de Português - Dicio).

Por que uma mulher?

O motivo da escolha da figura feminina para representar a República é que a palavra república é feminina no Francês (La République).

E por que Marianne?

O nome é formado a partir da junção dos nomes da Virgem, Maria, e de sua mãe, Ana. Além disso, os dois nomes eram muito populares durante o século XVIII.

O "chapéu"...

Marianne usa em sua cabeça um Barrete frígio na cor vermelha. O motivo desta escolha traz um simbologia: a peça era originalmente usada pelos escravos livres da Grécia e em Roma, além de prisioneiros das galés do Mediterrâneo. Os revolucionários do Sul da França é que teriam inserido este detalhe ao vestuário de Marianne.

Quando Marianne entrou em cena?

Não se sabe exatamente qual foi a primeira vez que a figura de Marianne apareceu na História. Acredita-se que apareceu durante o período da Revolução Francesa, mas só foi realmente difundida durante a IIIª República (1870 - 1940), e era representada de acordo com os interesses: quando usando o barrete, representava o revolucionário radical, e quando trocado por um diadema ou coroa, trazia um pouco de liberalismo pacífico.

Aliás, vale dizer que, Marianne também se tornou um nome debochado para tratar a República francesa pelos revolucionários extremados.

Os bustos de Marianne foram espalhados pelas prefeituras com aparências diferentes, mas todos haviam algo em comum, que era buscar trazer o caráter revolucionário ou sábio da figura alegórica.

Marianne para o mundo!

Se você acha que Marianne só marca presença na França, se engana! Muitos países, quando declararam suas repúblicas, usaram a figura feminina, adaptada para a estética que representava cada um, para marcar o momento, INCLUSIVE O BRASIL!

Quem é Marianne na França de hoje?

A silhueta de Marianne de lado ainda representa a República Francesa na atualidade, assim como as cores azul, vermelho e branco e os valores liberdade, igualdade e fraternidade.

Além disso, para ter mais a "cara" da França, no século XX (1900), criou-se uma moda de que Marianne ganharia os traços de artistas mulheres que faziam sucesso em cada época. Já tivemos, por exemplo, Brigitte Bardot, Sophie Marceau e Catherine Deneuve como inspiração para a figura francesa.

A versão mais recente, até o momento (2019) é representada pela modelo e atriz Laetitia Casta. É provável que a face de Marianne seja, futuramente, alterada novamente.

E essa é mais uma dama francesa que conquistou o mundo!


6 visualizações
0