• RF

Mais que amigos: Vizinhos

FICHA TÉCNICA:

MAIS QUE AMIGOS: VIZINHOS - 8 RUE DE L'HUMANITÉ

Nacionalidade: França

Direção: Dany Boon

Gênero: Drama contemporâneo

Lançamento: 2021

Elenco: Dany Boon, François Damiens Laurence Arné



"É uma guerra, mas não tem soldados. Eu não estou entendendo nada! Está todo mundo batendo palma, mas não tem ninguém, só as ruas vazias."


Em um típico prédio francês, temos diversas famílias, vizinhos, lidando com seus problemas em meio a um ainda maior, em escala mundial, mais precisamente: A pandemia de Covid-19.


Temos a família do pequeno Basille, a única proprietária do apartamento e também dos demais no prédio. O pai tem um negócio de cigarros elétricos, e não costuma ser a pessoa mais legal, além de negar a situação do vírus e não saber como recuperar sua esposa, que o abandonou logo depois da pandemia começar.


Também temos a família da pequena Louna, que é o interesse juvenil de Basille. Se na casa do garoto o cuidado é mínimo, aqui temos o extremo da neurose com a pandemia por parte do pai Martin, que desinfecta tudo e não permite que a esposa, uma advogada criminal, saia para realizar seu serviço e falar com os clientes.


Um jovem casal, com uma cantora aspirante e um personal trainer que grava constantemente lives, que tentam manter seu pequeno apartamento equilibrado entre seus trabalhos provisórios, e sair do anonimato para a visibilidade nas redes sociais.


Temos O Médico Jean-Paul Gabriel, que possui um laboratório de exames no térreo do prédio, e está em uma insana empreitada para encontrar a vacina da Covid-19, testando em ratos, depois em porquinhos de Índia, e por último em si mesmo, e até nos moradores do prédio. Mas calma: os experimentos beiram mais à comicidade.


No térreo também encontra-se o restaurante de Louise, que foi obrigado a fechar após o isolamento, e se vê necessitada de encontrar outra forma de ganhar dinheiro para manter seu estabelecimento.


Ah! Tem uma vizinha que ninguém conhece, mas que, de acordo com todos, não respeita o isolamento, pois sai toda noite sem ninguém saber o porquê.


E Diego, marido da zeladora Paola, a está cobrindo e aguentando todos os moradores, pois sua esposa contraiu o Coronavírus, e está internada. E essa é a vizinhança da 8 rue de l'Humanité.


Diante da situação de isolamento, os vizinhos precisarão aprender a lidar tanto com a situação dentro de seus apartamentos, até aqueles desafios de interação entre si na área externa, para conseguir sobreviver e se ajudarem no difícil momento.


Cômico, mas principalmente sensível ao tratar do isolamento da recente pandemia, o filme consegue apresentar os mais diversos cenários familiares (que talvez alguns de nós podem já ter vivido nesse meio tempo), com o home office, as crianças sem aulas presenciais, e mesmo a parte difícil, como alguém conhecido de todos estar contaminado.


É um filme para se assistir com a família, descontrair, e também refletir sobre como estamos encarando essa pandemia, e também, como estamos apoiando aqueles que estão mais próximos de nós, mesmo com o distanciamento.



3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo