• RF

(Livre)ando - A Livraria Mágica de Paris

Atualizado: Jan 15


Título: A Livraria Mágica de Paris

Autor: Nina George

Editora: Record

Classificação indicativa: Livre

Gênero: Romance contemporâneo

"Mas todo mundo sabe que a leitura deixa as pessoas insolentes, e o mundo de amanhã

com certeza vai precisar de algumas pessoas que se rebelem."

O livro "A Livraria Mágica de Paris" mostra que uma livraria é mais do que apenas um espaço de leitura, mas também um lugar para cicatrizar feridas, abrir o coração com os livros certos para os momentos da vida. E a função de ser o 'farmacêutico" para receitar o livro certo são os livreiros.

Em um barco livraria no rio Sena,o livreiro Jean Perdu sabe ler a alma dos seus leitores, receitando os livros para ajudá-los com o que precisam, como por exemplo chorarem ou pararem de chorar, superar um amor, ou amar, e até mesmo viver. Mas fora de seu barco, Perdu também tem sua própria história para superar em seu apartamento na rue Montagnard, nº 27. A história de seu grande amor perdido há 20 anos.

No caminho do livreiro, cruza o jovem autor Max Jordan, que com vinte anos alcançou o sucesso com seu primeiro livro, e tem dificuldades de suportar a fama, a pressão da editora e a perseguição dos fãs. Ele se muda para o mesmo prédio de Perdu, para se esconder da nova vida, e tentar escrever seu novo livro, que não surge em sua cabeça, e muito menos no papel.

No prédio também se muda a separada Catherine, que se divorciou recentemente, e teve muitas dificuldades em seu relacionamento frustrado. Em uma troca de móveis e de livros, Jean e Catherine se aproximam, mas não o bastante para superar seu passado. Ela, por conta do recente divórcio, ele pela paixão mal terminada muitos anos atrás.

A mudança na rotina de Perdu, um livreiro que, apesar de seu talento em ler seus leitores, vive com a monotonia e sem a capacidade de seguir em frente, até abrir uma carta escrita pela mulher que amou, de vinte anos atrás. A carta trás uma reviravolta do que ele havia pensado sobre as intenções que a levaram a abandona-lo. E num impulso, ele solta as amarrar do seu barco livraria do Sena, para ir atrás dela, mesmo já sabendo que provavelmente a encontrará morta. Junto com ele, Max Jordan pula para dentro do veículo flutuante para encarar essa aventura junto com o homem e encontrar sua própria história.

Jean Perdu vai para o Sul, com dois objetivos: Além de descobrir o que aconteceu com sua amada, de nome Manon, também quer descobrir quem é o escritor do livro de sua vida, "Luzes do Sul", conhecido com pseudônimo Sanary. Parte da viagem é feita de barco, e outra parte de carro, de Paris até Toufon, passando por cidades da Borgonha, Lyon e Luberon (que é toda traçada em um mapa nas contracapas do livro).

A viagem mudará a vida de Jean e de Max para sempre, pois além de descobrirem novos amigos, terem suas respostas respondidas e terem grandes aventuras pelo Sul da França, também entendem que, apesar dos livros serem essenciais para a vida, eles não podem substituir a experiência vivida. As vezes, ler não é o suficiente, é preciso viver.

O livro é uma super recomendação tanto para os leitores, para entenderem que ler é ótimo, mas que é melhor coloca-los em prática, sendo personagens de nossa própria história; quanto para os autores, que se prendem ao seu talento como uma obrigação, e acabam precisando se libertar para encontrar-se novamente no que gostam de escrever através de momentos e sentimentos descobertos (pois o escritor deve escrever o que tem no coração).

É uma história apaixonante sobre o gosto pela literatura, tanto do lado da leitura quanto da escrita. Muitos quotes serão levados para frente por quem ler as página dessa história, pois é um grande aprendizado sobre a relação desse universo de papel e aquele em que vivemos, e que um depende do outro, e especialmente, de nós.


17 visualizações